Os subgêneros da ficção Científica – Parte 4

                        Ficção científica tem como um de seus temas principais a ciência, seja através da literatura (conto, novela, romance, etc), do cinema, da HQ, etc. Porém, a ficção científica não abrange somente a ciência prática, mas a filosofia da ciência, a fantasia e vários outros campos do conhecimento humano.

16 – Steampunk

steampunk-1024x768

                   É um subgênero da ficção científica, ou ficção especulativa, que ganhou fama no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. Trata-se de obras ambientadas no passado, no qual os paradigmas tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na História real (ou em um universo com características similares), mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época – como, por exemplo, computadores de madeira e aviões movidos a vapor. É um estilo normalmente associado ao futurista cyberpunk.

                  O gênero steampunk pode ser explicado de maneira muito simples, comparando-o a literatura que lhe deu origem. Baseado num universo de ficção cientifica criado por autores consagrados como Júlio Verne no fim do século XIX, ele mostra uma realidade espaço-temporal na qual a tecnologia mecânica a vapor teria evoluído até níveis impossíveis (ou pelo menos improváveis), com automóveis, aviões e até mesmo robôs movidos a vapor já naquela época.

17 – Terra Oca

Terra Oca

              É uma hipótese onde se considera que o planeta Terra possui um interior vazio e habitável.

           Diferente das demais Ficções Fantásticas-Científicas, o subgênero terra oca não se passa em um outro mundo, época ou universo, mas sim na própria terra e em um mundo diferente do nosso, onde pode-se encontrar várias espécies de criaturas, como os reptilianos, e até mesmo humanos mais evoluídos.

           Histórias de ficção onde o herói viaja ao mundo subterrâneo são bem antigas, por exemplo, no mito de Orfeu, que desce ao submundo para resgatar Eurídice, no livro de Dante Alighieri e nas obras de Edgar Allan Poe (Hans Pfaal e Ms. Found in a Bottle) e Jules Verne (Jornada ao Centro da Terra), mas a primeira história de ficção onde é retratada uma terra oca está na obra de Luís, Barão de Holberg, escrita em 1742. Esta história é uma sátira social, chamada Jornada ao Mundo Subterrâneo.

           Egdar Rice Burroughs faz Tarzan viajar para Pellucidar através de um zepelim, entrando na Terra através de um buraco no oceano, no Polo Norte.

18 – Viagem no Tempo

de_volta_para_o_futuro

                   Se refere ao conceito de mover-se para trás e/ou para frente através de pontos diferentes no tempo em um modo análogo à mobilidade pelo espaço. Algumas interpretações de viagem no tempo sugerem a possibilidade de viajar através de realidades paralelas. A possibilidade real de uma viagem no tempo é, hoje em dia, praticamente nula do ponto de vista prático, devido ao fato de que as partes responsáveis pela descoberta de meios para se efetuar uma viagem temporal não terem conseguido ainda produzir a tecnologia capaz de possibilitar (ou resistir) a viagem.

                  O conceito é constantemente abordado na ficção-científica, sendo que o mais famoso autor de obras sobre o tema é H. G. Wells.

                 No meio científico o tema da viagem no tempo é de circulação bastante discreta; supõe-se que, ou os cientistas são ridicularizados por pesquisarem seriamente um assunto que, se diz, seja infértil, ou os avanços na área, se existentes, são tão secretos que ninguém fala a respeito. No entanto, o estudo das viagens do tempo e de outras conseqüências das teorias da física pode mudar a nossa perspectiva sobre o universo.

19 – Vida Extraterrestre

Casos-de-abdução-alienígena

                      É a vida que não se origina a partir do planeta Terra. É também chamada de vida alienígena. Estas formas de vida, ainda hipotéticas, podem variar de organismos simples, como bactérias, até seres muito mais complexos do que os humanos. Também foi proposta a possibilidade de que vírus podem existir em meios extraterrestres.

                O desenvolvimento e a pesquisa de hipóteses sobre vida extraterrestre é conhecido como “exobiologia” ou “astrobiologia”, embora a astrobiologia também considere a vida baseada na Terra, em seu contexto astronômico. Muitos cientistas consideram que a vida extraterrestre é plausível, mas ainda não há nenhuma evidência direta de sua existência.

               Desde meados do século XX, houve uma contínua busca por sinais de vida extraterrena, desde radiotelescópios usados ​​para detectar possíveis sinais de civilizações extraterrestres, até telescópios usados ​​para procurar planetas extra-solares potencialmente habitáveis​​. O tema também desempenhou um papel importante em obras de ficção científica.

A diferença das outras FC, para a de Vida Extraterrestre, é que nesta não somos nós, os humanos, que viajamos para lugares habitados por esses seres, e sim eles que chegam ao nosso mundo.

20 – Hiperespaço

tunel

              É um elemento hipotético presente na ficção científica, utilizado como uma forma de viagem mais rápida que a luz. Ele é geralmente descrito como uma região alternativa de espaço co-existente com a o Universo padrão, região essa que pode ser acessada usando um campo de energia ou outro dispositivo.

               Distâncias astronômicas e a inicial impossibilidade de viajar mais rápido que a luz representam um desafio para a maioria dos autores de ficção científica. O hiperespaço é por isso utilizado como um dos recursos por esses autores, numa busca para dar maior verossimilhança a suas obras.

            As descrições detalhadas dos mecanismos de viagens hiperespaciais são muitas vezes fornecidos em histórias utilizando o enredo, às vezes incorporando algumas teorias da Física como a teoria da relatividade ou a teoria das cordas, a fim de criar ilusão de uma explicação aparentemente plausível. Viagens hiperespacias são, no entanto, uma tecnologia ficcional.

Outras formas comuns de se superar a velocidade da luz na ficção são o uso de teletransporte, dobras espaciais ou a travessia de buracos negros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s